h1

Como fazer Citações de texto

02/10/2010

COMO FAZER CITAÇÕES:

A partir da leitura da documentação existente sobre o assunto estudado, para dar ênfase a certos aspectos abordados, o estudioso usa citações ou pontos de vista de outros pesquisadores ao longo do texto ou em notas de rodapé.

“Menção de uma informação extraída de outra fonte.”
(ABNT, 2002, p.1).


TIPOS DE CITAÇÕES
Citação Direta
Transcrição textual de parte da obra do autor consultado. Indicar a data e a página.
Ex.:

“Deve-se indicar sempre, com método e precisão, toda documentação que serve de base para a pesquisa, assim como idéias e sugestões alheias inseridas no trabalho.” (CERVO; BERVIAN, 1978, p. 97).

Citação Indireta
Texto baseado na obra do autor consultado, consistindo em transcrição não textual da(s) idéia(s) do autor consultado. Indicar apenas a data, não havendo necessidade de indicação da página.
Ex.:

Barras (1979) ressalta que, apesar da importância da arte de escrever para a ciência, inúmeros cientistas não têm recebido treinamento neste sentido.

Citação de Citação
Transcrição direta ou indireta de um texto em que não se teve acesso ao original, ou seja, retirada de fonte citada pelo autor da obra consultada.
Indicar o autor da citação, seguido da data da obra original, a expressão latina “apud”, o nome do autor consultado, a data da obra consultada e a página onde consta a citação.
Ex.:

“0 homem é precisamente o que ainda não é. O homem não se define pelo que é, mas pelo que deseja ser.” (ORTEGA Y GASSET, 1963, apud SALVADOR, 1977, p. 160).

Segundo Silva (1983 apud ABREU, 1999, p. 3) diz ser [ . . . ]

ASPECTOS EXEMPLOS
Um autor – citar o sobrenome e o ano. De acordo com Polke (1972), é função do pesquisador conhecer o que os outros realizaram anteriormente, a fim de evitar duplicações, redescobertas ou acusações de plágio.
Dois a três autores – citar os respectivos sobrenomes separados por ponto e vírgula ‘;’, data da obra e página da citação. “Documento é toda base de conhecimento fixado materialmente e suscetível de ser atualizado para consulta, estudo ou prova.” (CERVO; BERVIAN, 1978, p. 52).
Mais de três autores – citar o sobrenome do primeiro autor seguido pela expressão ‘et al.’ Quanto ao uso de maiúsculas ao longo do texto, segundo Bastos et al. (1979) é recomendável a adoção das normas provenientes da Academia Brasileira de Letras.
Sem autoria conhecida – citar o título e o ano. Conforme análise feita em Conservacionistas … (1980) os ecologistas nacionais estão empenhados no tombamento da referida montanha.

No diagnóstico das neoplasias utilizou-se a classificação histológica internacional de tumores dos animais domésticos, segundo o Bulletin … (1974).

Entidade coletiva – citar o nome da instituição e ano. Nas citações subseqüentes, usar apenas a sigla. “O resumo deve ressaltar o objetivo, o método, os resultados e as conclusões do trabalho.” (ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS, 1978, p. 46).
Um autor e mais de uma obra – citar o sobrenome e os vários anos de publicação, em ordem cronológica.

Quando o ano também for o mesmo, acrescentar letras minúsculas ao ano, tanto no texto, quanto nas referências.

“A hierarquia de dominância e necessidade dos sexos alelos do loco p(pigmentação) é diferente nos dois sexos.” (HALKKA et al., 1973, 1975a, 1975b).
SISTEMA DE CHAMADA
As citações devem ser indicadas no texto utilizando os sistemas de chamada Autor-data ou Numérico. Ao se optar por um sistema de chamada, deve-se adotá-lo até o final, para fins de uniformidade do texto e correlação com as referências em notas de rodapé ou no final do trabalho.

Ex. de Sistema Numérico:

Na citação por números, segundo Rey, “[ . . . ] facilita-se a leitura, faz-se economia de espaço e de trabalho tipográfico.”11

CITAÇÕES ATÉ 3 LINHAS
Deve ser inserida no parágrafo entre aspas duplas. Caso existir citação no interior de uma citação entre aspas duplas no texto original, substituí-las por aspas simples. Quando iniciadas com letra maiúscula, as citações devem ser precedidas por dois pontos (:)

Ex.:

Nessa perspectiva, podemos dizer, com que a rebeldia contra a coação externa das normas se constitui numa maneira de interiorizar os valores que impõem as normas “[…] fundamentais da convivência humana, de atributos essenciais da vida em sociedade, tão essenciais que foram desgastados pela própria vida em sociedade, que os rebeldes se insurgem” .(FORACCHI, 1972, p. 29)

CITAÇÕES COM MAIS DE 3 LINHAS
Colocar em parágrafo distinto, a 4cm da margem esquerda, com espaço simples, letra menor que a utilizada no texto e sem aspas.

Mais de 150 anos depois daquele momento, as diferenças que separam os jovens de classes médias e altas dos jovens de classes subalternas se fizeram mais profundas, convertendo os jovens destas classes em excluídos ou marginalizados sociais, dado que hoje em dia, esses jovens tendem a conviver com realidades como pobreza, menor escolaridade, menor acesso à oportunidades laborais, maior chance de sofrer exploração no trabalho, desemprego, alcoolismo, dificuldades na família e/ou na escola entre outras tantas problemáticas as quais jovens de classe média ou alta dificilmente atravessam. (RACOVSCHIK, 2006, p. 2)

OMISSÃO EM CITAÇÃO
As omissões de palavras ou frases nas citações são indicadas pelo uso de elipses
[ . . . ] entre colchetes.
ACRÉSCIMO EM CITAÇÃO
Acréscimos e/ou comentários, quando necessários à compreensão de algo dentro da citação, aparecem entre colchetes [ ].
DESTAQUE EM CITAÇÃO
Para se destacar palavras ou frases em uma citação, usa-se o grifo ou negrito ou itálico seguido da expressão grifo meu ou grifo do autor entre os parênteses, após a chamada da citação.Ex. : (FREIRE, 1999, p. 35, grifo meu)
TRADUÇÃO EM CITAÇÃO
Quando a citação incluir texto traduzido pelo autor do texto, deve-se incluir a expressão ‘tradução nossa’ entre parênteses, logo após a chamada da citação.
INFORMAÇÃO VERBAL
Quando se tratar de dados obtidos através de informação verbal (palestras, debates, comunicações, etc.), indicar entre parênteses a expressão “informação verbal”, mencionando-se os dados disponíveis somente em nota de rodapé.
TRABALHO EM FASE DE ELABORAÇÃO
Quando se tratar de dados obtidos em trabalhos em fase de elaboração, indicar entre parênteses a expressão “em fase de elaboração”, mencionando-se os dados disponíveis somente em nota de rodapé.
ABREVIATURAS DE EXPRESSÕES LATINAS
Utiliza-se expressões latinas abreviadas ou não para as subseqüentes citações do mesmo autor e/ou da mesma obra. Devem ser usadas na mesma página ou folha onde aparece a citação a que se referem.

Ex.:

Únicas expressões latinas usadas no texto, no caso do Sistema Autor-Data:

Cf. = confira, confronte. Ex.: Cf. BERNARDES, 1998
Et seq. ou sequentia = Ex.: LOCK, 2000, p. 30 et seq.
seguinte ou que se segue.
Ibid. ou Ibidem = Ex.: GADOTTI, 1992, p. 210
mesma obra. Ibid., 1995, p. 190
Id. ou Idem = Ex.: FREIRE, 1990, p. 7
mesmo autor; igual a anterior. Id., 1995, p. 20
Loc. cit. ou loco citato = Ex.: CASTRO; GOMES, 1997, p. 52-57
no lugar citado. CASTRO; GOMES, 1997, loc. cit.
Op. cit ou opus citatum Ex.: SANTOS, 1996, p. 42
ou opere citato = na obra citada. SILVA, 1990, p. 20-24
SANTOS, op. cit., p. 19
Passim = aqui e ali;
em vários trechos ou passagens.
Ex.: MORAES, 1991, passim
INFORMAÇÕES ADICIONAIS
  • As citações textuais devem ser destacadas com aspas (até 3 linhas) ou graficamente (mais de 3 linhas).
  • Entradas pelo sobrenome do autor, pela instituição responsável e pelo título incluído na sentença devem ser em letras maiúsculas e minúsculas.
  • Entradas pelo sobrenome do autor, pela instituição responsável e pelo título, quando estiverem entre parênteses, devem ser em letras maiúsculas.
REFERÊNCIA:

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 10520: informação e documentação: apresentação de citações em documentos. Rio de Janeiro, 2002.

A partir da leitura da documentação existente sobre o assunto estudado, para dar ênfase a certos aspectos abordados, o estudioso usa citações ou pontos de vista de outros pesquisadores ao longo do texto ou em notas de rodapé.

“Menção de uma informação extraída de outra fonte.”
(ABNT, 2002, p.1).


TIPOS DE CITAÇÕES
Citação Direta
Transcrição textual de parte da obra do autor consultado. Indicar a data e a página.
Ex.:

“Deve-se indicar sempre, com método e precisão, toda documentação que serve de base para a pesquisa, assim como idéias e sugestões alheias inseridas no trabalho.” (CERVO; BERVIAN, 1978, p. 97).

Citação Indireta
Texto baseado na obra do autor consultado, consistindo em transcrição não textual da(s) idéia(s) do autor consultado. Indicar apenas a data, não havendo necessidade de indicação da página.
Ex.:

Barras (1979) ressalta que, apesar da importância da arte de escrever para a ciência, inúmeros cientistas não têm recebido treinamento neste sentido.

Citação de Citação
Transcrição direta ou indireta de um texto em que não se teve acesso ao original, ou seja, retirada de fonte citada pelo autor da obra consultada.
Indicar o autor da citação, seguido da data da obra original, a expressão latina “apud”, o nome do autor consultado, a data da obra consultada e a página onde consta a citação.
Ex.:

“0 homem é precisamente o que ainda não é. O homem não se define pelo que é, mas pelo que deseja ser.” (ORTEGA Y GASSET, 1963, apud SALVADOR, 1977, p. 160).

Segundo Silva (1983 apud ABREU, 1999, p. 3) diz ser [ . . . ]

ASPECTOS EXEMPLOS
Um autor – citar o sobrenome e o ano. De acordo com Polke (1972), é função do pesquisador conhecer o que os outros realizaram anteriormente, a fim de evitar duplicações, redescobertas ou acusações de plágio.
Dois a três autores – citar os respectivos sobrenomes separados por ponto e vírgula ‘;’, data da obra e página da citação. “Documento é toda base de conhecimento fixado materialmente e suscetível de ser atualizado para consulta, estudo ou prova.” (CERVO; BERVIAN, 1978, p. 52).
Mais de três autores – citar o sobrenome do primeiro autor seguido pela expressão ‘et al.’ Quanto ao uso de maiúsculas ao longo do texto, segundo Bastos et al. (1979) é recomendável a adoção das normas provenientes da Academia Brasileira de Letras.
Sem autoria conhecida – citar o título e o ano. Conforme análise feita em Conservacionistas … (1980) os ecologistas nacionais estão empenhados no tombamento da referida montanha.

No diagnóstico das neoplasias utilizou-se a classificação histológica internacional de tumores dos animais domésticos, segundo o Bulletin … (1974).

Entidade coletiva – citar o nome da instituição e ano. Nas citações subseqüentes, usar apenas a sigla. “O resumo deve ressaltar o objetivo, o método, os resultados e as conclusões do trabalho.” (ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS, 1978, p. 46).
Um autor e mais de uma obra – citar o sobrenome e os vários anos de publicação, em ordem cronológica.

Quando o ano também for o mesmo, acrescentar letras minúsculas ao ano, tanto no texto, quanto nas referências.

“A hierarquia de dominância e necessidade dos sexos alelos do loco p(pigmentação) é diferente nos dois sexos.” (HALKKA et al., 1973, 1975a, 1975b).
SISTEMA DE CHAMADA
As citações devem ser indicadas no texto utilizando os sistemas de chamada Autor-data ou Numérico. Ao se optar por um sistema de chamada, deve-se adotá-lo até o final, para fins de uniformidade do texto e correlação com as referências em notas de rodapé ou no final do trabalho.

Ex. de Sistema Numérico:

Na citação por números, segundo Rey, “[ . . . ] facilita-se a leitura, faz-se economia de espaço e de trabalho tipográfico.”11

CITAÇÕES ATÉ 3 LINHAS
Deve ser inserida no parágrafo entre aspas duplas. Caso existir citação no interior de uma citação entre aspas duplas no texto original, substituí-las por aspas simples. Quando iniciadas com letra maiúscula, as citações devem ser precedidas por dois pontos (:)

Ex.:

Nessa perspectiva, podemos dizer, com que a rebeldia contra a coação externa das normas se constitui numa maneira de interiorizar os valores que impõem as normas “[…] fundamentais da convivência humana, de atributos essenciais da vida em sociedade, tão essenciais que foram desgastados pela própria vida em sociedade, que os rebeldes se insurgem” .(FORACCHI, 1972, p. 29)

CITAÇÕES COM MAIS DE 3 LINHAS
Colocar em parágrafo distinto, a 4cm da margem esquerda, com espaço simples, letra menor que a utilizada no texto e sem aspas.

Mais de 150 anos depois daquele momento, as diferenças que separam os jovens de classes médias e altas dos jovens de classes subalternas se fizeram mais profundas, convertendo os jovens destas classes em excluídos ou marginalizados sociais, dado que hoje em dia, esses jovens tendem a conviver com realidades como pobreza, menor escolaridade, menor acesso à oportunidades laborais, maior chance de sofrer exploração no trabalho, desemprego, alcoolismo, dificuldades na família e/ou na escola entre outras tantas problemáticas as quais jovens de classe média ou alta dificilmente atravessam. (RACOVSCHIK, 2006, p. 2)

OMISSÃO EM CITAÇÃO
As omissões de palavras ou frases nas citações são indicadas pelo uso de elipses
[ . . . ] entre colchetes.
ACRÉSCIMO EM CITAÇÃO
Acréscimos e/ou comentários, quando necessários à compreensão de algo dentro da citação, aparecem entre colchetes [ ].
DESTAQUE EM CITAÇÃO
Para se destacar palavras ou frases em uma citação, usa-se o grifo ou negrito ou itálico seguido da expressão grifo meu ou grifo do autor entre os parênteses, após a chamada da citação.Ex. : (FREIRE, 1999, p. 35, grifo meu)
TRADUÇÃO EM CITAÇÃO
Quando a citação incluir texto traduzido pelo autor do texto, deve-se incluir a expressão ‘tradução nossa’ entre parênteses, logo após a chamada da citação.
INFORMAÇÃO VERBAL
Quando se tratar de dados obtidos através de informação verbal (palestras, debates, comunicações, etc.), indicar entre parênteses a expressão “informação verbal”, mencionando-se os dados disponíveis somente em nota de rodapé.
TRABALHO EM FASE DE ELABORAÇÃO
Quando se tratar de dados obtidos em trabalhos em fase de elaboração, indicar entre parênteses a expressão “em fase de elaboração”, mencionando-se os dados disponíveis somente em nota de rodapé.
ABREVIATURAS DE EXPRESSÕES LATINAS
Utiliza-se expressões latinas abreviadas ou não para as subseqüentes citações do mesmo autor e/ou da mesma obra. Devem ser usadas na mesma página ou folha onde aparece a citação a que se referem.

Ex.:

Únicas expressões latinas usadas no texto, no caso do Sistema Autor-Data:

Cf. = confira, confronte. Ex.: Cf. BERNARDES, 1998
Et seq. ou sequentia = Ex.: LOCK, 2000, p. 30 et seq.
seguinte ou que se segue.
Ibid. ou Ibidem = Ex.: GADOTTI, 1992, p. 210
mesma obra. Ibid., 1995, p. 190
Id. ou Idem = Ex.: FREIRE, 1990, p. 7
mesmo autor; igual a anterior. Id., 1995, p. 20
Loc. cit. ou loco citato = Ex.: CASTRO; GOMES, 1997, p. 52-57
no lugar citado. CASTRO; GOMES, 1997, loc. cit.
Op. cit ou opus citatum Ex.: SANTOS, 1996, p. 42
ou opere citato = na obra citada. SILVA, 1990, p. 20-24
SANTOS, op. cit., p. 19
Passim = aqui e ali;
em vários trechos ou passagens.
Ex.: MORAES, 1991, passim
INFORMAÇÕES ADICIONAIS
  • As citações textuais devem ser destacadas com aspas (até 3 linhas) ou graficamente (mais de 3 linhas).
  • Entradas pelo sobrenome do autor, pela instituição responsável e pelo título incluído na sentença devem ser em letras maiúsculas e minúsculas.
  • Entradas pelo sobrenome do autor, pela instituição responsável e pelo título, quando estiverem entre parênteses, devem ser em letras maiúsculas.
REFERÊNCIA:

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 10520: informação e documentação: apresentação de citações em documentos. Rio de Janeiro, 2002.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: